Cientistas desenvolvem nova batata-doce para combate à insuficiência de vitamina A

cOMPARTILHE:

A falta de vitamina A no organismo pode levar a quadros de saúde como cegueira, enfraquecimento do sistema imunológico, além de facilitar o surgimento de infecções por bactérias. Com o objetivo de contornar o problema, pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) desenvolveram uma nova batata-doce.

O produto, do tipo de polpa alaranjada, conta com até 50% mais betacarotenos, uma das principais fontes da vitamina A, em comparação com legumes disponíveis no mercado.

A nova batata-doce teve seu registro protocolado no Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e poderá ser mais uma fonte de renda para pequenos produtores e uma alternativa de baixo custo para a suplementação de grupos e famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica, como comunidades quilombolas, segundo os pesquisadores.

De acordo com os cientistas, as plantas dessa batata-doce têm potencial produtivo cerca de três vezes maior do que a média brasileira, permitindo que se produza mais alimento no mesmo período de colheita.

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.