Embolia pulmonar causou morte de fisioterapeuta em avião; entenda o caso

cOMPARTILHE:

Viagens excessivamente longas podem resultar em situações desastrosas de saúde e até morte para os viajantes. Foi o que aconteceu com a fisioterapeuta Flávia Rezende, 45 anos, que morreu durante um voo para Tóquio, no Japão. Segundo a família, ela ia ao país para turismo, mas teve uma embolia pulmonar durante a viagem.

O diretor do departamento de pneumologia do InCor, Carlos de Carvalho, explica que, nesses casos, a circulação do sangue fica “represada” nos membros inferiores.

Entenda o que houve

Quando ficamos sentados, a perna fica dobrada na região do joelho. Com isso, os vasos que temos nessa região ficam espremidos e o sangue tem dificuldade de circular do pé para a parte superior do corpo. Com isso, ele coagula, causando a trombose.

A embolia é o processo seguinte, que ocorre com o coágulo quando ele sai dessa região e chega aos pulmões.

O pneumologista explica que, depois de horas, a pessoa pode se levantar e, com a pressão do sangue, o coágulo sobe. É nesse processo, que ocorre a embolia. “O coágulo sobe, passa pelo coração e, quando chega aos pulmões, causa a embolia. Isso porque o pulmão tem veias muito finas, que acabam entupidas pelo coágulo. Quando isso acontece, é letal”, explica Carlos de Carvalho.

Isso pode acontecer com qualquer pessoa?

O médico explica que depende de condições de saúde, mas em períodos muito longos sentada, qualquer pessoa pode correr o risco.

“A partir do momento que fica sentado por muitas horas na mesma posição, com as pernas dobradas e dificultando a circulação, pode acontecer”, explica Carlos de Carvalho.

Ele orienta que as pessoas fiquem atentas a sinais como: pernas com sinais roxos; inchaço; dores nas pernas

O que fazer para evitar a trombose?

Segundo o médico, o recomendado é não passar mais de três horas na mesma posição, sem se movimentar.

Ele indica que, em aviões e ônibus, as pessoas levantem e se alonguem. Caso vá dormir, o ideal é que a pessoa acorde nessa janela de tempo para se alongar.

Fonte : G1

 

 

 

 

 

 

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.