Efeitos da pandemia: procura por atendimento psicológico dispara nos últimos meses

cOMPARTILHE:

A procura por atendimento psicológico disparou nos últimos meses em várias cidades brasileiras. Esse é mais um dos efeitos da pandemia. Depois de tantos impactos na saúde física, nas finanças, esse é mais um dos danos que a pandemia trouxe: o adoecimento mental. Só que nem sempre é fácil pagar por um tratamento desses. O jeito é recorrer ao Sistema Público de Saúde – que viu a procura por este tipo de atendimento dar um salto em todo o país.

Na cidade do Rio De Janeiro, o número de atendimentos nos Centros de Atenção Psicossocial, os CAPS, subiu mais de 50% entre março de 2019 e o mesmo período deste ano. No Recife, desde a pandemia, a alta é de 30%, especialmente em casos de transtornos do humor, de ansiedade e dependência química. Em Porto Alegre, a busca se multiplicou, mais de cinco vezes no início deste ano, comparado ao mesmo periodo pré-pandemia.

Os especialistas em saúde mental afirmam que a explosão da procura por esse tipo de atendimento é um sinal de alerta ao poder público.

Fotos: Google Imagens

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.