Oncologista baiana é primeira brasileira a compor time global da Asco

cOMPARTILHE:

A oncologista baiana Clarissa Mathias conquistou, na quinta-feira, 14, o título de primeira brasileira a fazer parte do grupo de especialistas globais do Fellow of the American Society of Clinical Oncology (Fasco), da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco). A profissional é considerada uma das vozes mais ativas na luta pela equidade de acesso ao diagnóstico e terapias no controle do câncer.

Especialista do Grupo Oncoclínicas e pesquisadora do Instituto Oncoclínicas, Clarissa foi uma das profissionais escolhidas pelo seu trabalho desenvolvido nas frentes de pesquisa, envolvimento voluntário com a Asco e participações em iniciativas internacionais.

“É um orgulho imenso ser parte do time de especialistas da Fasco. A Asco é uma organização fascinante, que se dedica no avanço das fronteiras da inovação e investigação, proporcionando um olhar direcionado ao paciente e influenciando médicos do mundo inteiro. Me sinto honrada em fazer parte dessa história”, comenta a médica.

Para integrar no Asco, os profissionais selecionados precisam ter acúmulo de pontos por serviços voluntários ou atividades com a Asco. Ao todo, o programa conta com mais de 2 mil voluntários e 200 grupos dentro do projeto.

“Essa é uma maneira de incentivarmos, através de um trabalho gratificante, que mais membros se envolvam e façam parte de projetos como esse”, acrescenta Clarissa Mathias.

Formada em medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Clarissa Mathias soma importantes contribuições para os setores público e privado de saúde. Ela já foi presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (Sboc), Presidente do Grupo Brasileiro de Oncologia Torácica (GBOT), e Presidente do Comitê Internacional da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco). Atualmente é parte do corpo clínico do Grupo Oncoclínicas, onde atua como oncologista clínica e lidera estudos clínicos, e compõe o Comitê de Mulheres para Oncologia da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (Esmo).

Fonte: Jornal A Tarde

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.