Mais Médicos: Incentivos e estratégias para fixar médicos em regiões vulneráveis

Conjunto de médicos e enfermeiros

cOMPARTILHE:

O Governo Federal fez um chamamento para o Programa Mais Médicos, através de edital que disponibiliza 5.970 vagas a serem distribuídas em 1.994 municípios em todas as regiões do Brasil. As inscrições estarão abertas a partir da sexta-feira (26), com prioridade para profissionais brasileiros formados no país.
Cada bolsa-formação concedida pelo programa será no valor de R$ 12.386,50 por 48 meses prorrogáveis pelo mesmo período. Além disso, o médico terá direito a qualificação profissional, como mestrado e pós-graduação, e pode receber até R$475 mil de incentivo para atuação em regiões vulneráveis.
O Programa Mais Médico, nesta nova edição, pode contribuir a atrair médicos a fixarem residências no seu local de trabalho. No entanto, é importante que os médicos que vão buscar assumir esses postos compreendam que precisam participar da vida social das comunidades, assim como faz um juiz, delegado ou promotor de Justiça. Muitos desses profissionais vão atuar com médico de famílias. Vale ressaltar que os médicos que participam do programa podem garantir formação em Medicina de Família e Comunidade.
Vamos apostar para que dê certo, afinal o povo precisa de assistência médica com celeridade.

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.