Didiculdades para meditar? Psicólogo de Harvard ensina os caminhos

cOMPARTILHE:

Atualmente, muito se fala sobre a meditação e seus benefícios. A prática, no entanto, parece algo inalcançável para boa parte das pessoas, que se consideram agitadas ou sem tempo. Ainda que consigam romper a primeira barreira e comecem a meditar, muitos se veem diante de um turbilhão de pensamentos que parecem representar o oposto da paz interior buscada.

Para todas essas pessoas, o psicólogo formado em Harvard Daniel Goleman escreveu “Por que meditamos” (editora Objetiva), em parceria com o professor de meditação nepalês Tsoknyi Rinpoche. No livro, eles oferecem motivos e métodos para seguir com a meditação, como forma de combater a ansiedade, a falta de compaixão e o estresse crônico.

“Acho que varia de pessoa para pessoa e talvez algumas nem precisem meditar. Não sei se Madre Teresa meditava, mas ela tinha um sentido muito forte desse amor. Ela estava servindo a Deus. Acho que é uma aspiração alcançar esse amor.” diz o psicólogo.

Fonte: O Globo

Foto: Google Imagens

Comente:

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao acessar nosso site você concorda com nossas políticas de privacidade.